Granularidade emocional

O maior acesso aos afectos e uma maior capacidade para distinguir e nomear emoções interessa a todos, na medida em que é a base de partida para a inteligência emocional e se relaciona com uma maior saúde psicológica e física.
Muito particularmente: se tem níveis elevados de ansiedade ou humor deprimido, ou se tem diversos problemas de saúde, nomeadamente relacionados com stress, use estes exercícios.

27 ALUNOS

O que é granularidade emocional?

Dito de uma forma rápida, a granularidade emocional refere-se à capacidade para distinguir diferentes estados emocionais e conhecer uma rica variedade que lhe permita reconhecer e expressar diversas variantes emocionais.

 

Como em tudo, estamos a falar de uma linha contínua em que, num extremo, estão pessoas alexitímicas: pessoas com um sistema conceptual de emoções muito empobrecido – pessoas com uma granularidade emocional mínima. À pergunta “como estás”, dificilmente obterá como resposta algo de muito menos vago do que “bem”, “mal”, “assim-assim”. A alexitimia abrange cerca de 10% das pessoas e não é apenas um tema de não saber dar nomes às emoções – é um tema de não as conseguir distinguir nem experienciar; os seus estados afectivos são manchas nebuladas que se sobrepõem e tornam o clima interno difícil de ser gerido. Naturalmente, não conseguindo reconhecer as suas próprias emoções, têm também dificuldade em distingui-las nos outros, o que cria tensão relacional e dificuldades em lidar com os diversos desafios que as relações interpessoais nos colocam diariamente.

Uma pessoa alexitímica tem de depender dos sinais corporais, na sua orientação afectiva. Não existindo o reconhecimento de emoções – algo que tem um nível de abstração superior, nos alexitímicos as correntes afectivas acabam por ser expressas sobretudo por sintomatologia física. Uma dor de estômago, em vez de zanga ou uma dor no peito em vez de tristeza, por exemplo.

 

No outro extremo estão os verdadeiros peritos emocionais: conhecem e usam, para si próprios e na comunicação com os outros um vocabulário alargado para se referirem a estados emocionais – centenas ou mesmo milhares de palavras e expressões com que distinguem aquilo que se passa dentro delas. Em consequência, conseguem construir experiências emocionais que se ajustam na perfeição às especificidades de cada situação, sendo-lhes também mais fácil captar, entender as emoções nos outros. Estas são as pessoas com uma granularidade emocional elevada.

 

E no meio? Bem, no meio não será tanto a virtude que está, mas a maioria de nós J Ainda que todos beneficiássemos de aumentar a granularidade emocional. Porquê?

 

Vantagens da granularidade emocional

As pessoas com uma maior granularidade emocional:

  • Reportam sentir-se menos ansiosas e menos deprimidas
  • Vão menos frequentemente ao médico
  • Usam menos medicação
  • Têm menos dias de hospitalização
  • São 30% mais flexíveis quando precisam de regular os seus estados emocionais
  • Têm menor probabilidade de recorrer a consumo excessivo de bebidas alcoólicas quando estão sob stress
  • Têm menor probabilidade de reagirem agressivamente quando se sentem magoadas

 

As pessoas com diversas situações clínicas problemáticas apresentam, tendencialmente, uma baixa granularidade emocional:

  • Depressão major
  • Ansiedade social
  • Perturbações do comportamento alimentar
  • Perturbações do espectro autista
  • Perturbação borderline

 

Quem beneficia deste curso?

Desde logo: qualquer adulto! Numa óptica preventiva, o maior acesso aos afectos e uma maior capacidade para distinguir e nomear emoções interessa a todos.

Muito particularmente: se tem níveis elevados de ansiedade ou humor deprimido, ou se tem diversos problemas de saúde, nomeadamente relacionados com stress.

 

O curso

Este curso é composto por 3 módulos, cada um desenhado para ter uma duração mínima sugerida de 7 dias.

Cada módulo é um conjunto de exercícios – simples e que lhe ocupam muito pouco tempo diariamente. Não há parte expositiva teórica – é tudo prático. Os exercícios estão explicados em PDF’s para que seja mais fácil o acesso – assim, basta descarregar para o seu computador. Esta foi uma preocupação de base, uma vez que são exercícios intemporais: as 3 semanas são apenas para ter o tempo mínimo para tomar contacto com cada competência que irá aprender, pelo que poderá querer manter um ou mais dos exercícios ao longo de mais tempo e até da sua vida toda.

 

Módulo 1: Reconhecer os afectos

Objectivo: habituar-se a reconhecer a localização dos afectos no corpo e a sua linguagem afectiva

Exercícios:

  1. Como fala o corpo?
  2. O que dizem os afectos?
  3. O corpo no seu discurso

 

Módulo 2: Reconhecer as emoções

Objectivo: habituar-se a reconhecer e nomear um maior leque de emoções

Exercícios:

  1. A textura das emoções
  2. Os nomes das emoções
  3. Um dia de emoções

 

Módulo 3: Perito emocional

Objectivo: refinar a capacidade de detectar emoções, em si e nos outros

Exercícios:

  1. As emoções dos outros
  2. A perspectiva do outro
  3. Emoções só suas

Ementa do Curso

Granularidade emocional 06:00:00

Avaliações do Curso

N.A

classificações
  • 5 estrelas0
  • 4 estrelas0
  • 3 estrelas0
  • 2 estrelas0
  • 1 estrelas0

Nenhuma avaliação foi encontrada para este curso.

In Brain Company

Esta é a sua plataforma de confiança para cursos online, que lhe permitam progredir em novas competências pessoais e profissionais, usufruindo dos mais avançados conhecimentos de Psicologia e Neurociência. A In Brain Company é uma marca da mais prestigiada clínica privada de Psicologia em Portugal.

In Brain Company: aceleração da sua vida!

Fale connosco

Ao usar este formulário, concorda com o armazenamento e o gerenciamento dos seus dados por este site.

SELECIONE O IDIOMA:

English English Portuguese Portuguese